Maktub

Maktub

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Auto-retrato

Entre os matizes de luz e sombra
Tenho um retrato da vida
Que estampe em meu rosto
A beleza das coisas simples.

Busco pincelar minha vida
Com o perfume das rosas cálidas
E com o segredo que sopra o vento
Das auroras não nascidas.

Quero um desenho da vida
Que revele os acordes do silencio
Que me fale do amor e da esperança
Como possibilidades neste instante.

Invento novas cores e arco-íris
Pra quando anoitecer por dentro.
Às vezes,erro,borro minha tela
Então recomeço outra pintura do ser.

Este é meu auto-retrato do renascer!

(Marta Reis)

Nenhum comentário:

Postar um comentário